terça-feira, 12 de abril de 2011

caçador de mim - Meu texto de quando estudava na 6° ou 7° série do ensino fundamental...

Por tanto amor
Por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz
Manso ou feroz
Eu caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar
Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim
Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a força, numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura
Longe se vai
Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir
O que me faz sentir
Eu, caçador de mim

Um comentário:

  1. Olá, li seu comentário em meu blog, mas como tive problemas com a internet, fiquei por alguns dias sem poder conectar. Amei sua visita, e espero vc por lá sempre. Se precisar da entrevista da faculdade e ainda der tempo, pode contar comigo. Bjs

    ResponderExcluir